fbpx

Evva FotoBlog

Turismo de Experiências e Comunicação

Camboriú sediará base de apoio do primeiro porto exclusivo de cruzeiros do Brasil

Camboriú sediará base de apoio do primeiro porto exclusivo de cruzeiros do Brasil
Imagem: Divulcação

A ideia é viabilizar uma hidrovia ao longo do Rio Camboriú, para atender aos navios por meio de barcaças

Em coletiva de imprensa na manhã de quarta-feira, dia 23, o prefeito de Camboriú, Elcio Kuhnen (MDB), anunciou oficialmente, a instalação de uma hidrovia para a segunda estação de apoio do BC Port – com a empresa PDBS, responsável pelo projeto do porto de transatlânticos de Balneário Camboriú.

O anúncio trouxe a explanação do novo projeto da estação de provisões e serviços que será instalado no município de Camboriú, que depois de concluído, irá refletir em cerca de seis mil novas vagas de empregos. O empreendimento apresentado abre opções também para uma possível nova opção de transporte público, fomentação do turismo e rede hoteleira do município.

Foto: Jornalista | Molina Orval https://jornalopovosc.com.br

A hidrovia já é um projeto antigo da prefeitura, que abriu em 2017 edital para apresentação de projetos. A proposta do BC Port foi doada ao município e tramita na Marinha do Brasil. Os estudos de batimetria – que indicam profundidade e obstáculos no leito do rio – foram entregues, e a Capitania dos Portos determinou a implosão de duas rochas que estão no caminho.

De acordo com o empresário e presidente do BC Port, André Guimarães Rodrigues, todos os passos legais, estudos e licenças ambientais foram respeitados e cumpridos, agora a expectativa é que a obra, que será construída na área que pertence a União Federal, inicie nos próximos seis meses. “Sou morador de Camboriú e estou feliz em ver a receptividade do município em receber nosso empreendimento. O objetivo é que o deslocamento de material e de pessoas seja realizado por balsas, sendo que com isso, nasce também a possibilidade de análise de um novo meio de transporte público. Com certeza estamos falando de uma nova opção, a ser analisada e estudada, de meio de transporte público, uma vez que isso com certeza contribuirá e muito na mobilidade urbana”, revelou.

Imagem: Divulgação

Com a frase “NÃO VAMOS VIRAR AS COSTAS PARA O RIO CAMBORIÚ” o empresário afirmou que, foram realizadas todos os estudos técnicos necessários para a hidrovia do Rio Camboriú e integração náutica do município. “Seguimos todos os passos legais e já temos a licença ambiental prévia. Agora, o próximo passo, é conseguir a licença ambiental de instalação e assim iniciarmos finalmente as obras”, explicou.

A empresa buscou o apoio de Camboriú porque encontra resistência da administração pública em Balneário Camboriú.

O prefeito Élcio afirmou que o empreendimento já nasce como a maior matriz econômica de Camboriú, uma vez que sua arrecadação direta será maior do que toda a arrecadação de Imposto Sobre Serviço (ISS), podendo criar até seis mil novas vagas de empregos na cidade. É certo que a vinda do porto fomentará também a rede hoteleira e turismo na cidade.

O projeto recebeu no mês passado autorização do Ministério da Infraestrutura. A concessão prevê 25 anos de operação, prorrogáveis por mais 25 anos.

TEXTO: Molina Orvalhttps://jornalopovosc.com.br

Matéria do https://jornalopovosc.com.br | Molina Orval: Jornalista

Agência Evva

Agência Evva

Evva Foto Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *